Existem alguns itens que não podem faltar em um treinamento de segurança do trabalho, hoje vamos falar de 5 deles. Esses podem vir a garantir o sucesso do treinamento. Confira!

  • A segurança do trabalho como valor para a empresa

Quando a segurança do trabalho é tratada como valor ela passa a ser uma supremacia e isso contribui para a seriedade do assunto. Imagine uma empresa que desde o início do treinamento trata a segurança como valor, que envolve a diretoria com o movimento de conscientização de segurança e que demonstra o compromisso com a saúde e bem-estar dos trabalhadores, em contra partida, imagine outra empresa que apenas aplica o treinamento por obrigação a atender as normas exigidas pelo MTE. Demostrar a importância que a empresa dá a segurança influencia diretamente o compromisso também dos trabalhadores, isso porque cria um senso de responsabilidade muito maior.

  • Fornecer treinamentos de qualidade

Os treinamentos devem sempre respeitar a carga horária exigida pelo MTE e principalmente fornecer conteúdo completo e de qualidade. De nada adianta passar o compromisso da empresa com a segurança, se ela não reserva tempo e recursos para oferecer um treinamento de qualidade. Quando falamos de qualidade vai desde a contratação de um profissional muito bem qualificado para aplicação do treinamento (no caso dos treinamentos presencial ou interno), como também da escolha da melhor plataforma e metodologia de treinamentos a distância.

  • Fornecer e garantir o uso dos EPIs

Os EPIs são um dos principais elementos para a segurança do trabalho, isso porque o equipamento de proteção individual é responsável diretamente pela integridade do trabalhador. O fornecimento, a orientação, a utilização e a fiscalização na utilização dos equipamentos de proteção individual é de fundamental importância para a conscientização dos funcionários e o êxito da empresa. Importante também lembrar que todos devem estar nos parâmetros da NR-06.

Confira o nosso artigo sobre as NR’s

  • Acompanhar os resultados

Após realizado o treinamento, deve-se então acompanhar os resultados e revisar as medidas de segurança (foram realmente efetivas? surgiu algum risco não encontrado antes?…). Um treinamento de segurança do trabalho é sempre revisado, pois muitos fatores podem influenciar o surgimento de novos riscos e cabe a empresa estar de olho neles! Converse com os trabalhadores periodicamente e escute o que todos tem a dizer, afinal eles trabalham diariamente com os riscos.

  • Otimizar!

Após o acompanhamento dos resultados, otimize sempre que necessário. Sempre há possibilidade de melhorar a política e as medidas de segurança do ambiente de trabalho, afinal, segurança nunca é demais, certo?

 

Com estes 5 tópicos você poderá realizar um treinamento de segurança com sucesso!

 

Fonte: INBEP.